sábado, 11 de junho de 2016

Eu sou gente


Eu não entendo o jeito!
Sem jeito das pessoas que tendem a julgar outrem.
E sem conhecê-lo partindo de preconceitos
Que do meu jeito de ver esse mundo sem jeito,
Eu creio que não está direito julga o jeito de outrem.
Aí eu fico pensando e me pego
a julga do mesmo jeito os que eu acho sem jeito.
Penso que isso não está bem direito.
Não são as pessoas do jeito que são.
Por que julga-las?
Não são a pessoas senhores e senhoras de se mesmo?
E elas não deveriam valer pelo que são e não pelo que têm?
Como eu gostaria que comigo
Fosse tudo diferente, mas não vivo num mundo diferente.
Como seria diferente se sou mais uma pessoa na multidão.
Como eu gostaria que se uma pessoa pensasse em minha pessoa,
Soubesse que eu sou o que sou e não o que tenho.
Falasse, lembrasse, pensasse, soubesse e sentisse
o que eu penso, faço, falo, escrevo, canto e calo
porque eu não sou obrigado a ser igual a vocês
Pensar, querer, fazer e falar como vocês
Eu sou do jeito que sou mesmo que vocês me achem sem jeito.
Este é o meu jeito de ser.
Por que eu não sou o que tenho.
Eu sou o que sou!
José Cícero Gomes

segunda-feira, 9 de maio de 2016

A bancada evangélica fere o Estado Laico Democrático de Direito Brasileiro e não nos representa



Qualquer forma de bancada religiosa no Congresso ou no Senado ferem o Estado Laico Democrático de Direito Brasileiro e não nos representam


Os falsos cristãos líderes pentecostais pregam aos incautos fieis “a ideia de que alguns são indicados por Deus porque mobilizam grandes multidões.” E a igreja Universal foi a primeira que passou a protagonizar a participação política entre os evangélicos e já começou atuando com um plano político. Os seus templos viraram palcos, os púlpitos vira palanques políticos e as discussões pragmáticas sobre as eleições passaram a se realizar nos acontecem nos púlpitos. E depois de unidos, articulados confabularam a chegada ao poder, ao chegar ao legislativo formaram uma bancada fundamentalista, barulhenta, intempestiva, aguerrida, beligerante, intolerante, desrespeitosa muitas vezes com os diferentes, agressiva, uma verdadeira horda barulhenta composta por escroques que visão brigar por interesses pessoais e não representam nem seus incautos e fanáticos seguidores quanto mais os demais brasileiros, esses indivíduos produzem grandes celeumas e tumultos quando veem que os seus interesses estão sendo ameaçados, e esse barulho cria a impressão de volume, de quantidade de poder, de coesão. Eles representam o que existe de mais podre e retrogrado na política brasileira. Muitos foram citados na Lava Jato, alguns fizeram parte da máfia das ambulâncias, as sanguessugas do SUS, no escândalo de FURNAS e em outros escândalos... Não podemos esquecer que o Eduardo Cunha era o dono do balcão de negócio, e ele é um neopentecostal e era o líder desta nefasta bancada de escroques transvestidos de cristãos.  Acorda povo brasileiro antes que seja tarde de mais.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Acorda povo brasileiro essa gente é nosso povo




O maior patrimônio do Brasil é seu povo original. Um povo que não se orgulha do seu passado e de sua origem genética, étnica e de sua herança cultural e que não se permite ver como é um povo mestiço que tem como base genética o povo indígena, mas não se aceita como tal mestiço irmão de sangue com o povo original é um povo pequeno que nunca será uma grande nação. Acorda povo brasileiro somos todos miscigenados de forma direta ou indiretamente temos uma herança maior ou menor desse povo! Somos caboclos, mamelucos, cafuzos e enorme número de mulatos que depois de 146 anos os descendentes de branco com negros casando-se e se dando em casamento com cafuzos e mamelucos já não há ninguém neste país que não tenha uma gota de sangue indígena correndo em suas veias. Até muitos dos filhos de europeus e asiáticos que começaram chegar por aqui no final do primeiro reinado são irmãos do povo originário do Brasil. Já que não ficaram casando só entre se dentro de suas respetivas colônias de imigrantes. Acorda povo brasileiro essa gente é nosso povo, não permitam o genocídio do povo originário do Brasil.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

No Brasil não se dar importância a educação, ciências e tecnologias




*Prof. José Cícero Gomes

Há uma fuga de cérebros brilhantes do Brasil por falta de apoio e valorização financeira por parte do estado e da classe empresarial brasileira ao conhecimento científico. No Brasil os conhecimentos e os homens e as mulheres de educação, ciência e tecnologia não são valorizados. Aqui nada se cria tudo se copiam, não há transferência de tecnologias, no Brasil há indivíduos que cópia conhecimento seguindo uma receita autorizada pelo dono da patente, mas sem um domínio da tecnologia copiada. A Universidade brasileira não produz ciência, ela produz discípulos seguidores de ideias. Aqui não pensamos inovações, não criamos, não produzimos e não inventamos nada, apenas montamos, operamos minimamente o que montamos. Há é bom lembramos com salvíssimas exceções no campo da medicina, veterinária, agronomia, odontologia e nas ciências humanas foram criadas algumas ilhas de excelência no Sudeste e no Sul do Brasil. Toda essa situação danosa para o desenvolvimento brasileiro tem suas raízes na falta de políticas públicas que valorize a educação da pré-escola à universidade. No Brasil a educação, a ciências e a tecnologia são sempre colocados à margem de tudo. Não podemos esquecer que mesmo apesar dos inimigos do Brasil alguns perseverantes revolucionários criaram algumas ilhas de excelência em alguns setores do conhecimento humano que produz ciência e tecnologia a revelia da classe política e de alguns setores da sociedade brasileira tecnofóbico e anticientífico, mas não competimos com o mundo lá fora em escala mundial. Temo um ministro da educação atrás do outro desde a década de 30 do século XX, destes poucos entediam de educação. E muito pouco se fez pela educação até hoje. Para os que compõem o executivo e o legislativo no Brasil por dinheiro na educação é gasto, eles não conseguem ver ou não querem ver que por dinheiro na educação básica é investimento. Na educação superior a visão deles não é tão diferente, já que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) só veio existir na Nova República, é algo muito recente foi criado durante o governo de José Sarney em 15 de março de 1985, pelo Decreto nº 91.146, mas no MCTI as coisas não se da muito diferente do MEC, talvez seja até pior. Temos ministros como ex-ministro Aldo Rebelo que não entende nada de ciências e nem tão pouco de tecnologias. Infelizmente ele não foi o único caso de ministro inoperante e nem será o último. É triste constatar que antes dele seus antecessores foram pior que ele. Mas se o governo brasileiro não mudar sua visão sobre a importância da educação, ciências e tecnologias para o progresso e o desenvolvimento brasileiro o descaso com o MCTI irá continuar.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Francisco jesuíta de alma franciscana como São Pedro é apenas um primus inter pares.




Francisco voltou ao princípio da Igreja Cristã não se tornou um papa amado pela cúria da igreja rançosa, conservadora, poderosa e secular. Francisco se tornou apenas o "primus inter pares " ("Primeiro entre iguais ") como foi São Pedro. Esse Jesuíta latino-americano de alma Franciscana é um imitador de nosso Senhor Jesus Cristo como foi São Pedro e São Paulo. Por tudo isso ele é um revolucionário numa igreja que sempre se viu como a única igreja de Cristo, já que amar e dialogar com os irmãos separados e com os diferentes é um ato revolucionário no mundo atual repleto de intolerância com os diferentes. Francisco está entre lobos raivosos de Roma que não admitem mudanças, tais lobos não concebem aceitar um Papa que não se ver papa, não se ver um como  um Cesar. Mas que se ver como um irmão mais velho numa família patriarcal que recebeu do pai a missão de cuida dos seus irmãos e de se aproximar com amor e humildade dos irmãos separados. Temos que orarmos muito pedido ao Nosso Senhor Jesus Cristo e a Virgem Maria para lhes darem força e sabedoria para lidar com uma cúria conservadora que se ver como uma corte real onde eles são príncipes e o papa um imperador, e que dê repente o nosso Senhor Jesus Cristo tocou na periferia da nossa Igreja Católica Cristã e Mariana a eleger um Pastor Sul-americano, um filho da periferia que não almeja o poder, poder esse a século a fio envolvido com as sujeiras os poderes do dinheiro. Segundo Marco Politi em seu livro Francesco tra i lupi: “Há uma rede subterrânea de interesses ramificados, que olha com suspeita e incômodo para as reformas...” A postura deste verdadeiro soldado de Cristo que é o papa Francisco tem incomodado muita gente no Vaticano e fora dele, pois com tenacidade jesuítica vem combatendo as perveções, as corrupções e as injustiças cometidas por sacerdotes da Igreja tanto no baixo quanto no alto clero, no centro e nas periferias da Igreja Católica. Muitos desejam que o pontificado deste Santo filho de Deus seja curto para que se constituam um papa que queira ser papa, e não apenas o número um entre os iguais. A obra do jornalista italiano Marcos Politi vem nos esclarecer o tamanho da luta árdua que Francisco vem travando no Vaticano e fora dele. Até aqui no Brasil infelizmente há setores conservadores que queriam um papa como Pio XII ou no mínimo como João Paulo II, mas nosso Senhor Jesus Cristo envia ao Vaticano um revolucionário argentino. Os setores conservadores torcem pelo pior, pelo fracasso e pelo desastre de Jorge Mario Bergoglio afrente da Nossa Madre Igreja, mas o Senhor tem abençoado as suas ações a cada dia de seu pontificado, nestes três anos até aqui, contrariando os príncipes da igreja. Francisco o 266.º Papa da Igreja Católica e o primeiro Chefe de Estado do Vaticano que não busca ser servido, mas servir.  Da Idade Média até nossos dia o papa era visto como infalível, Francisco chega e diz que não é bem assim, e diminui a "sacralidade da pessoa papal". Infelizmente há uma oposição a Francisco entre os conservadores da igreja que nunca viveram realmente a vigorosa mensagem de amor que o lava-pés traz consigo.  Mas Francisco tem demostrado ao longo de sua vida religiosa deste Buenos Aires que aprendeu essa mensagem de humildade e amor em que Nosso Senhor Jesus Cristo ensinou ao homem com o lava-pés que vinhemos ao mundo para servir e não para sermos servidos. Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus disse: "Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. Em verdade, em verdade vos digo que o servo não é maior do que seu senhor, nem o enviado, maior do que aquele que o enviou" (João 13:14-16). Jesus se esvaziou, deixando a glória do céu, para servir aos homens (Filipenses 2:5-8). Ele mostrou que nós devemos nos humilhar para servir aos outros. Como ele lavou os pés, nós devemos procurar oportunidades para humildemente servir uns aos outros. Francisco vive esse grande ensinamento de Jesus Cristo, pois é um homem simples, humilde, de estilo discreto que vem lutado por cumprir uma promessa de deixar uma Igreja mais humilde e para os pobres.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

A população do Conjunto Mamoré está correndo grave risco de ter sérios problemas de saúde.







A questão da água e do saneamento é um problema sério em todo o país, logo não poderia ser diferente em nosso Estado de Rondônia e em nossa sofrível cidade de Porto Velho. É importante reafirmar a importância da água portável para o bem-estar da população. Hoje as 16 h da tarde dia 18 de dezembro de 2015, na caixa d’água da CARD do Conjunto Rio Mamoré foram visto dois moleques tomando banho dentro da caixa d’água acompanhado de um cão que também o banhavam na água que abastece os conjuntos Mamoré 1 e 2. Uma moradora da Rua Joaquim da Rocha, quadra 10 que presenciou o vandalismo, ligou para a CAERD comunicando o ocorrido e não deram atenção, só faltaram dizer que a senhora estava mentindo. Isso mostra o descaso da atual administração da Companhia de Água e Esgoto de Rondônia com a qualidade da água que fornece e com a saúde e o bem-estar dos consumidores, a água limpa e pura, realmente potável é direito humano fundamental, uma caixa d’água aberta numa área sem proteção, pois não há cadeado no portão que dar acesso à citada caixa d’água e na escotilha da mesma também não há cadeado. A população do conjunto Residencial Mamoré 1ª e 2ª etapas está correndo grave risco de se contaminar e ter sérios problemas de saúde. 

domingo, 15 de novembro de 2015

O desastre em Mariana -MG não foi um acidente, foi um crime contra a vida e o meio ambiente.





Maior desastre ambiental causado por ações criminosas e abafada pelo dinheiro que compra quase tudo e todos nesse país de mãe Preta e pai João, principalmente a nossa imprensa marrom e venal que age como se a desgraça que se abalou sobre Minas Gerais fosse um acidente ou uma fatalidade. Mas não foi nenhuma coisa e nem outra. Foi um crime contra Mina Geral, seu povo e contra o Brasil. Os Tucanos barraram CPI da Mineração. E agora o Aécio e sua horda vem atribui culpas a segundos e terceiros. Entre esses segundos e terceiros citados pelo playboyzinho mineiro está a Sra. Presidente da República Dilma Rouseff. Ela e o atual governador de Minas Gerais têm culpa no que houve? Sim, em parte por omissão. Em nome de uma tal governabilidade não se mexe em novos vespeiros e outra assim como os tucanos os petistas também receberam ‘doações’ de campanha da Salmarco-Vale. Os responsáveis não irão ser responsabilizados e não irão sofrerem os rigores da lei. Onde estão os deputados estaduais e o governador de Minas Gerais que não se mobilizaram antes para prevenir esta tragédia e não estão se mobilizando agora para apontar os culpados e puni-los por este crime. E igualmente silenciosos se encontram a maioria dos deputados federais, dos senadores e a Excelentíssima Sra. Presidente da Republica Dilma Vanda Rousseff, não basta dizerem que se sensibilizam com a dor do povo mineiro tem que reconhecerem que erraram por omissão, subserviência, conivência , comodidade, traição ao povo interesses pessoais e partidários, e covardia. E agora estão novamente errando por não apurar com rigor e não haver um empenho de encontrar, apontar os culpados dessa tragédia anunciada e de não haver um claro interesse de puni-los. Não foi acidente foi descaso fruto da ganância dos que fazem e controlam a Vale(Vale é controlado pela Valepar S.A, que detém 53,3% do capital votante da Vale [33,6% do capital total]. Por sua vez a constituição acionária da Valepar é a seguinte: Litel/Litela (fundos de investimentos administrados pela Previ) com 49% das ações, Bradespar com 17,4%, Mitsui com 15%, BNDESpar com 9,5%, Elétron (Opportunity) com 0,03%.), subserviência e conivência das autoridades do Estado de Minas Gerais em administrações passadas e da atual e da autoridades federais de ontem e hoje que deveriam ter monitorado, fiscalizando, feito regularmente vistoria nas barragens como medidas preventivas, e se fizeram, mas o governo mineiro e o governo federal nada fizeram para evitar essa tragédia de grande proporção que tirou vidas e causou enormes prejuízos materiais e ambientais irrecuperáveis, os governos de Minas e do Brasil são tão criminosos quanto os administradores da Vale S.A., já que sendo assim essa catástrofe é uma desgraça anunciada. A um silêncio covarde tanto por parte do Governo de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT) e a Sra. Presidente da República Dilma Vanda Rousseff (PT) ninguém ainda apontaram os culpados. Mas o certo é que existem os culpados e são muitos, e outra essas barragens não foram construídas a um ou dois anos. É bom lembramos que entre os culpados por covardia ou conveniência está o senhor Aécio Neves que foi omisso em quanto governador do Estado de Minas Gerais e enquanto parlamentar supostamente representando o povo mineiro. Quanto aos petistas torno a enfatizar que são culpados pela covardia, omissão ou pela conveniência. Em nome de uma tal governabilidade não fizeram um escarcéus quando os Tucanos juntamente com outros crápulas do congresso nacional barraram CPI da Mineração porque era cômodo não mexer em vespeiros. Mas o senhores deputados estaduais de Minas Gerais o que fizeram? Creio que nada. Assim como os deputados federais e senadores deste país nada fizeram para invitar tamanha dor e destruição que hora se abala sobre os nossos irmãos mineiros, tão conivente quanto os petistas ou até mais, foram os tucanos, pois foi PSDB que privatizou Vale do Rio Doce uma empresa que era lucrativa, sadia e rentável e o FHC estimulado pelo Serra a vendeu a esse consórcio ganancioso e desumano por apena 10% do seu valor real e ainda eles compraram com o dinheiro do povo brasileiro através de um generoso préstimo do BNDS. Senhor Aécio Neves, o povo brasileiro não é besta! Não podemos esquecer que sua campanha de 2014 também foi favorecida com investimentos do grupo Vale. Esses são os partidos políticos que tiveram candidatos que receberam “doações” em dinheiro da Samarco – Vale: PMDB R$ 23.550.000; PT R$ 8.250.000; PSDBR$ 6.960.000; PSB R$ 3.500.000; PP R$ 1.500.000; PCdoB R$ 1.500.000.